Quarta, 23 de Junho de 2021 82 99831-0863
Geral AMPLIAÇÃO DA REDE

Construída pelo Governo do Estado, sétima UPA de Maceió será entregue em cinco meses

Unidade do tipo III vai ser erguida onde funciona o Ambulatório 24 horas da Chã da Jaqueira com recursos próprios do Governo de Alagoas

11/06/2021 14h59
Por: Redação Fonte: Agência Alagoas
Construída pelo Governo do Estado, sétima UPA de Maceió será entregue em cinco meses
Texto de Kelly Cordeiro

O terreno onde atualmente funciona o Ambulatório 24 Horas Dom Miguel Câmara, no bairro Chã da Jaqueira, vai dar lugar a uma nova estrutura para fortalecer o atendimento médico à população da capital alagoana. A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) teve o início das obras autorizado nesta sexta-feira (11) pelo governador Renan Filho e pelo secretário da Saúde, Alexandre Ayres.

A unidade é a sétima UPA de Maceió e a quinta erguida e mantida exclusivamente com recursos do Governo do Estado. O investimento é de R$ 6,2 milhões para a construção de um equipamento do tipo III, com leitos de observação e urgência, e atendimento nas áreas de clínica geral, pediatria, ortopedia e odontologia. Além disso, vai dispor de consultórios, serviço de exames de Raios-X e eletrocardiograma, salas de gesso, nebulização e laboratório.

O governador Renan Filho assegurou que os profissionais que hoje atuam no ambulatório serão absorvidos pela nova UPA. "A gente vai substituir o antigo mini pronto-socorro da Chã da Jaqueira porque ele é muito pequeno. Então será demolido para dar lugar à UPA que é três vezes maior e vai ofertar uma estrutura melhor para funcionários e pacientes. Inclusive os servidores que trabalham no mini têm a garantia de ser aproveitados na UPA”, assegurou.

Durante a construção, o atendimento do Ambulatório Dom Miguel Câmara vai funcionar em uma estrutura provisória montada próximo ao local, até que a UPA seja entregue dentro de cinco meses. Segundo o secretário Alexandre Ayres, as obras das outras unidades – do Jaraguá e Cidade Universitária – estão avançando e até agosto devem ser inauguradas.

“Na Cidade Universitária as obras devem ser finalizadas ainda no mês de julho e, em Jaraguá, a previsão de entrega é para agosto. Essa ampliação da rede de urgência chega para aproximar o serviço de saúde do cidadão alagoano e contribui para desafogar o HGE”, disse Ayres.

Hoje Maceió conta com as UPAs do Jacintinho e Tabuleiro, em funcionamento, que são fruto de investimentos próprios do Estado. Já as UPAs do Benedito Bentes e Trapiche receberam tanto recursos estaduais quanto do governo federal. Somadas às unidades do interior – Maragogi, São Miguel dos Campos e Delmiro Gouveia – já são dez unidades mantidas pelo Governo de Alagoas.

"Este ano chegaremos a dez UPAs entregues no nosso governo, o que representa um marco histórico para Alagoas. E com 70% delas construídas e mantidas com recursos do Estado. Esses equipamentos eram de competência federal, mas nós tivemos que assumir, uma vez que o governo federal perdeu a capacidade de investimento. Então, mesmo na pandemia, o Estado fez o necessário para colocá-las para funcionar", explicou o governador.

A unidade da Chã da Jaqueira vai atender 350 usuários diariamente, incluindo casos de crise de hipertensão, suspeita de infarto e derrame, febre alta e pequenas fraturas, 24 horas por dia. 

O governador e o secretário da Saúde ainda anunciaram a entrega do Hospital Regional do Alto Sertão no dia 21 de junho e vistoriaram as obras da UPA do bairro de Jaraguá. Os equipamentos já foram adquiridos tanto para a UPA do Jaraguá, quanto para as unidades da Cidade Universitária e Chã da Jaqueira. A intenção do governador é inaugurar a UPA no mês de agosto.

Novo decreto

Ainda na solenidade na Chã da Jaqueira, o governador fez um alerta sobre a situação da Covid-19 no estado. Ele lembrou que os números seguem altos e, por isso, optou por prorrogar o último decreto por mais 15 dias para não restringir ainda mais as atividades econômicas. 

"As pessoas precisam continuar atentas. Em janeiro deste ano, por exemplo, 75% das pessoas que morriam por Covid-19 em Alagoas tinham mais de 60 anos. Agora, esse cenário mudou e mais da metade dos alagoanos mortos tem entre 30 e 59 anos. Por isso é importante que, quem puder, tome a vacina e que todos se protejam evitando aglomeração e usando máscara”, orientou o governador.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Arapiraca - AL
Atualizado às 01h47 - Fonte: Climatempo
21°
Poucas nuvens

Mín. 20° Máx. 29°

21° Sensação
6.2 km/h Vento
94% Umidade do ar
90% (3mm) Chance de chuva
Amanhã (24/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 28°

Sol e Chuva
Sexta (25/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 28°

Sol e Chuva