Municípios ARAPIRACA

Arapiraca bate a meta de cem empresas com o selo federal do Turismo Responsável

.

05/08/2021 às 14h08 Atualizada em 05/08/2021 às 15h12
Por: Redação Fonte: Ascom Arapiraca
Compartilhe:
 Arapiraca bate a meta de cem empresas com o selo federal do Turismo Responsável

Arapiraca é uma máquina empreendedora, e tem no turismo responsável o incentivo para que consumidores se sintam confortáveis para frequentar locais que seguem à risca os protocolos específicos para a prevenção da Covid-19.

Seguindo nessa métrica, o município arapiraquense bateu a sua meta cadastral de cem selos, marca que dá significância e retorno positivo tanto para a sociedade, quanto para a economia local.

Para adquirir o selo, a empresa tem de se inscrever no sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor de turismo, o Cadastur, programa executado pelo Ministério do Turismo, que abre oportunidade de negócios aos seus cadastrados.

“Agências de Turismo, hospedarias, organizadoras de eventos, bares e restaurantes são alguns dos segmentos que podem e devem se registrar para a aquisição deste carimbo”, apontou a superintendente de Turismo, Kyka Tenório.

Portar este selo garante participações em programas de qualificação promovidos e apoiados pelo Ministério do Turismo, financiamentos, apoio em feiras e visibilidade à empresa cadastrada.

“Hoje a importância de se portar um selo como o do Turismo Responsável mostra o compromisso que a empresa tem junto aos seus consumidores. Em Arapiraca, hoje, existem cem empresas com esse selo, e a tendência é que mais e mais possam adquiri-lo. Com ele, o segmento tende a crescer!”, destacou a secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rosa Lira.

Para se cadastrar, acesse o site https://cadastur.turismo.gov.br/hotsite/.

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários