Educação Educação

Prefeito JHC lança programa Alfabetiza Maceió para contemplar quase 30 mil alunos

Programa é considerado pelo gestor da capital alagoana a maior iniciativa de alfabetização já vista em todo o Estado

21/09/2021 às 08h00
Por: Redação
Compartilhe:
Ascom Maceió
Ascom Maceió

O prefeito de Maceió, JHC, lançou nesta segunda-feira (20), o Alfabetiza Maceió, programa que visa fortalecer a alfabetização de alunos, por meio de formação continuada dos professores da rede municipal. Na ocasião, o prefeito assinou convênio de cooperação técnica com a Fundação Lemann e o Instituto Bem Comum, que serão responsáveis pela formação dos docentes. O programa foi lançado na Escola Municipal Nosso Lar, na Ponta Grossa.

“Com o Alfabetiza Maceió, vamos conseguir a permanência dos alunos na escola e abarcar a alfabetização daqueles que não conseguiram se alfabetizar na idade correta, por isso, os alunos do EJAI (Educação de Jovens, Adultos e Idosos) também serão contemplados”, disse JHC.

O prefeito agradeceu ainda o apoio e a cooperação técnica da Fundação Lemann. “Vai fazer com que nossa rede, e que os quase 30 mil alunos sejam beneficiados, através da metodologia que será aplicada por nossos professores e, com isso, vamos melhorar o nível de aprendizagem da alfabetização do nosso município. É o maior programa de alfabetização já visto no Estado”, garantiu.

Serão contemplados 29.314 alunos, e 1.123 professores das escolas municipais, além de 174 diretores e 142 coordenadores pedagógicos, das 87 escolas que atendem aos alunos beneficiados com o programa. O Alfabetiza Maceió também irá contribuir na elevação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB).

O vice-prefeito de Maceió, Ronaldo Lessa, afirmou que a educação é prioridade na gestão. “Nossa prioridade é a educação. Não tenho palavras para parabenizar os educadores, e não há transformação em lugar nenhum, se não for através da educação”, disse.

O secretário de Educação, Elder Maia, explicou que o Município tem um dever com a sociedade em entregar para as famílias, crianças alfabetizadas e prontas para adquirir novos conhecimentos.

“Nosso objetivo é simples: fazer com que as crianças sejam alfabetizadas na idade correta, que é até os sete anos de idade. Todos os professores, gestores e coordenadores serão capacitados para que alfabetizem, ministrem atividades e que no segundo ano do ensino fundamental, todas as crianças estejam alfabetizadas. Estamos todos unidos na meta de alfabetizar na idade certa”, explicou.

O senador Rodrigo Cunha, esteve presente na solenidade, parabenizou a Prefeitura pelo programa e se colocou à disposição do Município. “Esse é um evento muito importante para nossas crianças e para nosso futuro. É um grande desafio, mas vocês não estão sozinhos, contem comigo”, disse o senador.

Professores capacitados

O programa Alfabetiza Maceió irá capacitar professores do 1º ao 5º ano e da Educação de Jovens, Adultos e Idosos (EJAI), através de formação continuada, para que alunos com até sete anos de idade estejam totalmente alfabetizados, com habilidades na leitura e escrita.

Luzimar Tereza Lima, é professora do 4º ano e para ela, o Alfabetiza Maceió vem como mais um reforço do Município para fortalecer o ensino dos alunos da rede municipal de ensino.

“Essa é uma ação contínua muito importante para nossa prática docente, porque sempre teremos novidades e atualizações para garantir ensino de qualidade aos nossos alunos. Com certeza, é um avanço para a educação de Maceió”, pontuou a docente.

O programa é fruto de parceria entre o Programa Educar para Valer, da Fundação Lemann e da Associação Bem Comum que prestam cooperação técnica aos municípios com o intuito de apoiar a implementação de boas práticas de gestão.

A diretora executiva da Associação Bem Comum, Márcia Campos, afirmou que o instituto tem evidências bem sucedidas e que o objetivo é apoiar os municípios na alfabetização de crianças.

“Nosso trabalho tem foco no direcionamento para construir estratégias alinhadas com a meta, que é alfabetizar. Para nós da Associação Bem Comum é uma grande alegria estar em Maceió e esperamos que possamos construir um grande programa e que essa cidade seja grande referência na educação do nosso país”, afirmou a diretora.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários