Economia São Miguel

São Miguel dos Campos recebe Feirão do Nome Limpo e deve beneficiar cerca de 19 mil pessoas

Ação ocorrerá nos dias 21 e 22 de setembro, terça e quarta-feira, em frente ao Supermercado Unicompra, das 9h às 15h

21/09/2021 às 08h02 Atualizada em 21/09/2021 às 08h48
Por: Redação Fonte: Ascom São Miguel
Compartilhe:
Ascom São Miguel dos Campos
Ascom São Miguel dos Campos

São Miguel dos Campos recebe nos dias 21 e 22 de setembro, próximas terça e quarta-feira, com total apoio da Prefeitura, o Feirão do Nome Limpo. No município, cerca de 19 mil pessoas estão com o CPF negativado. O evento também tem o apoio do senador Rodrigo Cunha (PSDB), relator do projeto de lei no Senado que garantiu a Lei do Nome Limpo e a possibilidade de pessoas superendividadas renegociarem suas dívidas retirando seus nomes dos cadastros negativos dos organismos de proteção de crédito.

“Já levamos o Feirão do Nome Limpo para Maceió, Delmiro Gouveia, Arapiraca, Maragogi, Penedo e União dos Palmares, sempre conseguindo índices de resolução de dívidas de mais de 80% e garantindo que milhares de alagoanos ‘limpem’ seus nomes e retornem ao mercado de crédito local e nacional. A Lei do Nome Limpo chegou para beneficiar estas pessoas trabalhadoras, que por motivos diversos não puderam pagar seus débitos e querem quitar suas dívidas. Vamos seguir realizando Feirões e levando este benefício para nossa gente”, disse Rodrigo Cunha nesta sexta-feira (17).

Em São Miguel dos Campos, o Feirão é promovido pela Prefeitura e por entidades representativas do comércio, sendo realizado na Praça do Relógio, em frente ao Supermercado Unicompra, das 9h às 15h. Para participar do evento e ter acesso aos abatimentos e negociações facilitadas, basta comparecer ao Feirão munido de documentos pessoais (RG, CPF e comprovante de residência) e documentação referente às suas dívidas (cópias de contas, extratos e faturas). 

No Feirão, bancos, financeiras, lojas de varejo, operadoras de cartão de crédito e de telefonia, além de concessionárias de serviços públicos como de energia elétrica, oferecem seus descontos e meios facilitados para a negociação de dívidas. A proposta da Lei do Nome Limpo – que cria condições para os brasileiros superendividados pagarem suas dívidas garantindo condições especiais e descontos nas cobranças – teve no senador alagoano um de seus maiores defensores e estava há mais 10 anos parada no Congresso Nacional.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários