Geral ECONOMIA

Produtores de leite comemoram equilíbrio do preço e liberação de crédito a baixo custo

.

18/10/2021 às 13h42
Por: Redação Fonte: Agência Alagoas
Compartilhe:
Ascom/Seagri
Ascom/Seagri

Pollyana Almeida

Depois do anúncio da elevação do preço do leite comprado aos produtores em Alagoas, eles têm muito o que comemorar. Essa ampliação beneficia os agricultores familiares e, aproximadamente, 80 mil famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social.

O Governo do Estado disponibilizou recursos, da ordem de R$ 55 milhões, em contrapartida do Governo Federal, que permitem a compra do litro de leite por R$ 2,27 e a compra do leite de cabra por R$ 3,20.                                                                 

Com 250 mil vacas, uma produção de leite de mais de 600 milhões de litros e a maior produtividade do Nordeste, Alagoas é - atualmente - o estado que paga o melhor preço por um litro de leite. Espera-se, no entanto, que essas ações do Governo do Estado promovam a cadeia do leite nos municípios alagoanos.  

Hoje, Alagoas conta com cerca de 3.200 produtores familiares de leite, como dona Neide Miguel, que é produtora há sete anos no município de Capela. Ela reforça a importância do equilíbrio do preço para sua produção e agradece ao incentivo do governador Renan Filho e do secretário  Maykon Beltrão pela conquista. “Os benefícios vão trazer melhorias, pois o valor ofertado proporciona a compra de rações melhores para o gado de leite e para investimentos futuros, como a compra de novas vacas”,  comemorou Neide Miguel. 

Criação no Sertão                                                                                                                                             

A criação de cabras no sertão alagoano sempre foi vista como oportunidade para geração de renda e um meio de sobrevivência para as famílias de agricultores. O animal é resistente às condições ambientais do sertão e fonte de leite.                                                                                                                                           

 Ademir Soares, de São José da Tapera, produz leite de cabra há oito anos. Ele demonstra gratidão pelo novo valor da venda do produto ao Estado e ressalta o apoio do Governo e da Seagri ao pequeno produtor. "Através desse aumento ofertado pelo Estado posso melhorar a quantidade e a qualidade da produção de animais e garantir uma ração melhor para minhas cabras. Um acréscimo financeiro que me ajuda de todas  formas e que chegou em boa hora”, destacou Ademir Soares.

Crédito para o Produtor 

Numa parceria  entre Governo de Alagoas, através da Secretaria de Agricultura (Seagri) e da Agência de Fomento de Alagoas (Desenvolve), seis mil produtores de leite serão beneficiados com  a nova linha de crédito do Estado. O governador Renan Filho e o secretário de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, Maykon Beltrão, já autorizaram a concessão de crédito de baixo custo para os produtores de leite alagoanos. 

O limite de crédito para os beneficiados vai de R$ 2.625,00 até R$ 12.600,00. A taxa de juros é de 0,65% ao mês, o prazo de pagamento é de 24 meses e o limite para cada beneficiário é entre  R$ 2.625 e R$ 12.600.O investimento do Governo de Alagoas é de R$ 5 milhões.  Já o produtor contemplado com o crédito poderá adquirir vacas leiteiras e duas cabras matrizes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários