Economia Craíbas

*MVV realiza 1º embarque de minério e se consolida no mercado de “metais verdes”*

_Mineração Vale Verde está utilizando Porto de Maceió como elo com o mercado mundial consumidor de cobre_

27/11/2021 às 20h52 Atualizada em 28/11/2021 às 07h59
Por: Redação Fonte: Assessoria
Compartilhe:
*MVV realiza 1º embarque de minério e se consolida no mercado de “metais verdes”*
Mais um marco atingido neste sábado, dia 27 de novembro de 2021. A Mineração Vale Verde (MVV), empresa do Grupo Appian Brazil, está vivenciando mais um importante passo na caminhada do empreendimento em Alagoas — tanto na história da MVV, como na do povo alagoano.
 
A MVV realizou, nesta data, o primeiro embarque de minério a partir do Porto de Maceió. 
“De forma segura, responsável e inteligente, a MVV inaugura mais esse novo momento da história da empresa e do Estado de Alagoas. Agradecemos todos os envolvidos, sejam investidores, empregados(as), prestadores de serviço, empresas parceiras e os representantes das esferas públicas do Estado e região onde estamos inseridos. Cada um e cada uma deram sua contribuição para que este sonho se firmasse no solo fértil da cidade de Craíbas — com a instalação da nossa planta de beneficiamento — e agora ganhando os mares. Alagoas contribuirá para a revolução energética que estamos vivenciando, trazida por ‘metais verdes’ como este”, diz o gerente geral de Operação da MVV, Tony Lima.
 
O transporte de concentrado de cobre para estocagem no Porto de Maceió foi iniciado no final do mês de setembro. A previsão, segundo Tony, é que a cada dois meses os navios venham buscar esse material em Alagoas.
 
"Desde o início, a MVV estocou o cobre em dois galpões nossos e agora estamos acompanhando a primeira exportação. É um marco para nosso Estado”, pontua o administrador do Porto de Maceió, Dagoberto Omena.
 
PRIMEIRO LOTE
Como frisou o gerente geral de Operação da MVV, o concentrado de cobre da Mina Serrote servirá de insumo para a nova revolução energética, contribuindo para a descarbonização do nosso planeta. 
Este é apenas o começo da jornada da Mineração Vale Verde, levando o minério craibense para este novo cenário que está se formando no mundo, visto que este minério está sendo extremamente requisitado, sobretudo, na fabricação de carros elétricos — o que reduzirá o uso de veículos movidos a combustíveis fósseis, como a gasolina.
Paulo Castellari, CEO do Grupo Appian Brazil, ressalta o excelente momento do Grupo. "Estamos fechando 2021 com chave de ouro. Primeiro, concluímos as obras de instalação da Mina Serrote abaixo do orçamento e antes do prazo previsto. Agora, após quase seis meses de Operação, realizamos o nosso primeiro embarque de concentrado de cobre. Essa é uma grande conquista do nosso Grupo que só vem reforçar o excelente trabalho que desenvolvemos. Vamos continuar trabalhando firmes, com segurança e minerando de forma inteligente e sustentável", ressalta.
Agora, com a integração com o Grupo Sibanye-Stillwater — o novo mantenedor da MVV —, a empresa seguirá avançando como um dos principais ativos da multinacional sul-africana na América Latina, tendo em vista o empenho de todos os empregados, empregadas e prestadores de serviços locais para a consolidação de uma “Mineração do Futuro”, uma indústria mais "verde" e sempre alinhada com as comunidades vizinhas ao empreendimento e com o Agreste alagoano como um todo.
 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários