Esportes Flamengo

Organizada vai ao Ninho para dar apoio e cobrar Andreas após erro em final da Libertadores pelo Flamengo

Torcedores conversam com jogador no CT, prometem respaldo para seguir no clube, mas exigem maior atenção para que lance não se repita

30/11/2021 às 16h57
Por: Redação Fonte: Globo Esporte
Compartilhe:
Andreas Pereira conversa com membros de organizada do Flamengo — Foto: Reprodução
Andreas Pereira conversa com membros de organizada do Flamengo — Foto: Reprodução

A terça-feira foi de apoio e cobranças no Ninho do Urubu. Membros da maior torcida organizada do Flamengo estiveram no CT para conversar com Andreas Pereira após o erro na final da Libertadores. O bate-papo foi em tom ameno, mas com cobrança ao meia.

Andreas pediu desculpas aos torcedores pelo erro decisivo e disse que “só sai do Flamengo quando ganhar uma Libertadores”. Os participantes do bate-papo prometeram incentivo das arquibancadas, mas deram o recado de que outro erro por desatenção não será permitido.

O Flamengo encara o Ceará nesta terça-feira, às 20h (de Brasília), no Maracanã, pela 35ª rodada do Brasileirão. Andreas Pereira será titular do time de Maurício Souza, que será o treinador da equipe até o fim do ano.

A falha de Andreas na final da Libertadores contra o Palmeiras foi decisiva para o segundo gol da equipe paulista. Na prorrogação, o volante titubeou ao receber um passe de David Luiz e perdeu a bola para Deyverson desempatar o jogo.

No vestiário, após o apito final, Andreas foi às lágrimas por causa da falha na decisão. Ao chegar ao hotel em Montevidéu e encontrar a família, mais choro. O momento foi o mais marcante no saguão do hotel no bairro de Carrasco que serviu de concentração para a delegação.

Pessoas próximas a Andreas chegaram a demonstrar preocupação com a reação dos torcedores na volta ao Rio e em redes sociais. Poucas horas depois da falha na decisão, Andreas foi às redes sociais para pedir desculpas.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários