Polícia Polícia

Operação para identificar e desarticular associação criminosa é deflagrada pela Polícia Civil de Pernambuco

Polícia Civil de Alagoas, em integração com a PCPE, deu apoio e cumpriu dois mandados em Maceió

26/05/2022 às 17h24
Por: Redação
Compartilhe:
Ascom PC/AL
Ascom PC/AL

A Polícia Civil de Pernambuco desencadeou na manhã desta quinta-feira (26), as operações de repressão qualificada denominadas “Qualificados e Capacitados”, vinculadas à Diretoria Integrada Especializada – DIRESP, sob a coordenação do delegado Andrei Rocha, titular da 4ª Delegacia de Combate à Corrupção – 4ª DECCOR, unidade integrante do Departamento de Repreensão à Corrupção e ao Crime Organizado – DRACCO.

A Polícia Civil de Alagoas, em integração com a PC de Pernambuco, deu apoio e cumpriu dois mandados em Maceió. As equipes da PCAL foram coordenadas pelo delegado Thales Araújo.

A investigação da operação “Capacitados” foi iniciada em agosto de 2019. Já o trabalho investigativo da operação “Qualificados” começou em agosto de 2021. Ambas com o objetivo de identificar e desarticular uma associação criminosa voltada à prática dos crimes de peculato, corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro.

Nesta quinta-feira, foram cumpridos mandados de busca e apreensão domiciliar em Lagoa Grande, Petrolina e Recife, em Pernambuco, além de João Pessoa (PB) e Maceió (AL).

Os mandados foram expedidos pelas Varas das Comarcas de Lagoa Grande e Arcoverde, do estado de Pernambuco, e no seu cumprimento foram empregados delegados, agentes e escrivães dos três estados.

As investigações foram assessoradas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco (DINTEL) e pelo Laboratório de Lavagem de Dinheiro (LAB/PCPE), além de contarem com o apoio da Polícia Civil de Alagoas (PCAL).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários